In the Moonlight – Capítulo I

«

Lá estava ela. A tomar o pequeno almoço mais solitário da sua vida. Tudo parecia diferente ali. As pessoas, os lugares, até a compota de mirtilo que colocava agora na torrada. Não era fácil estar numa escola nova, numa cidade nova, mas ali estava ela. Mia, arrastada para Hopeville pela mãe com uma carreira de escritora promissora. O pai morrera já há alguns anos e só ficaram ela, a mãe e Nora, a sua irmã de 6 anos.

A mãe acreditava que não se podiam prender demasiado às coisas, pessoas, lugares – sofreriam – portanto, tentava estar sempre em mudança. Sendo em casa, cidade ou estilo de livro que escrevia – ia desde os romances, ao terror, passando pela ficção e policiais.

Ela gostava da sua antiga escola, cidade, dos seus amigos, mas a verdade é que não estava descontente com a mudança. Herdara isso da mãe e também não gostava da rotina que estar muito tempo no mesmo sitio, com as mesmas pessoas, causa. Gostava de conhecer novas pessoas, sítios e paixões. Alias, a mãe não tomaria esta decisão sem a opinião das filhas e, a verdade, Mia queria mudar e Nora achava engraçado e divertido mudar de escola.

Voltando ao refeitório… Tudo estava calmo. Os alunos sentavam-se em grupos pelas mesas redondas – talvez Mia era a única que estava sozinha.

-Olá! És nova aqui? – Falou alguém, enquanto ela observava em volta.

-Sim! – Respondeu olhando para a rapariga que carregava o tabuleiro.

– Eu sou a Chloe. – Apresentou-se ela.

– Olá Chloe! Senta-te! Eu sou a Mia.

A rapariga ruiva com sardas que ela notou sorriu-lhe e sentou-se ao seu lado. Entretanto entravam pela sala 3 raparigas em que uma vinha à frente como que guiando as outras. Essa era loira e pareceu-lhe ter olhos claros. Sim, Mia era muito observadora! As outras duas tinham o cabelo escuro, uma com cabelo castanho e a outro tinha-o preto.

-Aquelas são a Bella, a Bianca e a Amy. São as ricas populares de cá. A Bella é a líder e as outras fazem apenas o que ela manda. – Começou, Chloe a apresentar sem que elas ouvissem.

-Já estou a ver o género.

Ambas se riram.

Depois entraram um grande grupo de rapazes empurrando-se uns aos outros e rindo.

-Aqueles são a equipa de basquetebol. Aquele é o Noah, o capitão de equipa. Como podes ver na cara de Bella, ela gosta dele, mas ele não está nem aí…

Chloe continuou a falar, mas Mia deixou de a ouvir. Entrou um grupo de 3 rapazes e uma rapariga e Mia seguiu-os com os olhos, obviamente, até ao balcão. O rapaz de cabelo escuro e olhos de uma cor que ela não sabia identificar reparou que ela os estava olhando. Ela tentou disfarçar, desviando o olhar, mas podia jurar que ele se riu da sua tentativa, claramente, falhada. Voltou a olhar para ele e ele estava olhando-a fixamente sem se intimidar ao perceber que ela estava a reparar. Era como um jogo que, definitivamente, ele estava a ganhar.

– … Mia, estás a ouvir-me? – Disse Chloe tirando Mia de uma espécie de transe.

– Sim! – Apressou-se a responder. – Quer dizer, não! – Decidiu ser honesta com a nova amiga e ambas riram. – Quem são aqueles?

– São os Coopers. Não falam com ninguém. Acho que nunca ninguém lhes viu um sorriso. – Respondeu Chloe, mas Mia não acreditou. Pelo menos, não na parte em que nunca ninguém lhes viu um sorriso. Deviam andar todos desatentos.

A campainha tocou… Instalou-se a balburdia total. Todos corriam para colocarem os tabuleiros nas respetivas prateleiras. Mia previa que alguém tropeçaria fazendo com que todo o resto das pessoas caíssem também e criariam um amontoado de gente. Porem, riu e admirou a agilidade de todos se desviarem um dos outros, isto sem deixar cair uma grama de comida. Não literalmente, claro!

-Qual aula vais ter agora? – Perguntou Chloe.

Mia desbloqueou o seu iPhone para ver o horário.

-Biologia. – Respondeu depois de alguns segundos.

-Eu não estou inscrita nessa aula, mas a sala fica a caminho da minha. Eu levo-te lá! – Disse Chloe levantando-se e pegando no tabuleiro. Mia fez o mesmo.

-Obrigada Chloe! – Disse Mia já atrás de Chloe para as prateleiras.

-Ora essa! Depois encontramo-nos no corredor?

-Claro!

Mia viu que os Coopers não se mexiam. Viam toda a gente apressada e apenas sorriam.

-Não sei como era na tua antiga escola, mas aqui soam dois toques. Se depois do segundo não estiveres na sala, tens falta. Claro que alguns professores não são tão rigorosos, mas para o teu bem é melhor que o diretor não te veja pelos corredores depois do segundo toque. – Chloe riu e Mia fez o mesmo.

Dirigiram-se para a saída do refeitório depois de colocarem o tabuleiro e Mia olhou uma ultima vez para o grupo e saiu, depois, sem que eles se mexessem.

Pelo corredor, Chloe continuava a fazer o que fez durante toda a conversa: apresentar pessoas e lugares. Percebeu que Chloe adorava falar e ela gostava disso. Sorriu, feliz, por Chloe ter sido a primeira pessoa que ela conhecer e a qual, certamente, seria uma boa amiga.

Quando Chloe a deixou à porta da sala o tal rapaz de cabelo preto já lá estava. «Como chegou tão rápido?». Não estava sentado nem muito à frente, nem muito atrás na sala e estava na fila mais perto das janelas. Estava sozinho.

-Parece que temos uma aluna nova. Entra! Senta-te ao lado do Isaac. – Disse a professora.

«Então o nome dele era Isaac…»

»

O que acharam? Querem a continuação? Já tem alguns capítulos publicados no Wattpad, leiam e digam-me o que acham :*

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s